Olá, amigos do Clipping! Tudo bem? Sabemos que a carreira diplomática é desejada por muitos, mas gera várias dúvidas. Pensando nisso, respondemos as perguntas mais comuns a respeito da diplomacia. Vamos lá?

👉 Diplomatas podem escolher onde trabalhar?

Vamos analisar o artigo 12 da Lei 11.440/2006: 

Art. 12. Nas remoções entre a Secretaria de Estado e os postos no exterior e de um para outro posto no exterior, procurar-se-á compatibilizar a conveniência da administração com o interesse funcional do servidor do Serviço Exterior.

Resumindo, o diplomata não pode ser obrigado a trabalhar em um local específico, sendo necessário um consenso entre ele e o Itamaraty.

👉 Onde são realizadas as provas do CACD?

O CACD é realizado nas 26 capitais estaduais do Brasil e também no Distrito Federal. 

👉 Tenho tatuagem. Posso me tornar um diplomata?

Claro! Não existe, e nunca existiu restrições a respeito de tatuagens no Edital do CACD.

👉 Qual o melhor curso superior para se tornar um diplomata?

Não existe um melhor curso superior para se tornar um diplomata. Contudo, há cursos que são mais comuns entre os aprovados no concurso, como Direito e Relações Internacionais, que juntos representam 90% nos três últimos anos. Mas sempre temos aprovados de cursos diversos, como Economia, História, Filosofia, entre outros.

👉 Qual o melhor perfil de funcionário para ser um diplomata?

Para se tornar um diplomata, é interessante que o candidato tenha interesse em questões internacionais, acordos com Estados exteriores e abertos a conhecer novas culturas e línguas. É valorizado, também, quem sabe trabalhar sob pressão e proativos em um ambiente formal de trabalho.

👉 Ainda não terminei minha graduação, posso prestar o concurso?

Claro! Não há nenhuma restrição à respeito de realizar a prova sem o diploma de ensino superior. Contudo, a aprovação dependerá sim da graduação completa e desses outros requisitos:

  • Idade mínima de 18 anos;
  • Ser brasileiro nato;
  • Estar em dia com as obrigações militares e eleitorais;
  • Aptidão física e mental para exercício do cargo.

👉 O que são os postos?

Fora do país, o diplomata fica lotado em repartições do Itamaraty chamadas de postos, classificados de 4 tipos: A, B, C e D. Essa denominação é dada por 3 fatores, que são:

  • Qualidade de vida do país;
  • Grau de representatividade;
  • Conveniência do Itamaraty.

Assim, os postos A apresentam uma melhor qualidade de vida e, normalmente, são países de maior força internacional. Já os postos D, são países que podem apresentar algumas dificuldades para o diplomata.

👉 Existe um limite de idade para inscrição no CACD?

Não existe, atualmente, idade limite para inscrição na prova. Já idade mínima, como vimos acima, é de 18 anos, e o tempo máximo de contribuição ao serviço público é de 75 anos.

Se interessou pela carreira diplomática e quer iniciar seus estudos? O Clipping liberou 7 dias grátis para você testar nossa plataforma, é só clicar aqui.

Encontrou sua resposta?