Muitos sonham com a carreira diplomática. Não é à toa, certo? Viver fora do país, aprender outras línguas, conhecer novas culturas e um salário invejável. Contudo, caímos em um questionamento:

"Será que a carreira diplomática é, de fato, para mim?"

Por isso, vamos abordar nesse artigo, de forma clara e simples, o que faz um diplomata e quais são suas obrigações. Vamos lá?

O que faz um diplomata?

Sendo bem direto, o diplomata promove os interesses brasileiros juntos à comunidade internacional, exercendo basicamente, 3 funções:

  • representante do Brasil na comunidade internacional;
  • informa o governo sobre os temas de interesse do Brasil;
  • negocia tratados e acordos de interesse dos brasileiros;

Já a rotina e as funções exercidas por cada diplomata varia do seu setor de atuação, e se será no Brasil ou no exterior.

O Itamaraty

O Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) é o órgão do Poder Executivo que conduz a política externa do Brasil. Sua principal função é assessorar o Presidente nas decisões e relações com Estados internacionais, e é, também, a "casa" do diplomata.

É possível dividir o Itamaraty em duas frentes, que são:

  • Secretaria de Estado das Relações Exteriores (SERE): conjunto de unidades do MRE no Brasil;
  • Repartições no exterior: as Embaixadas e os Consulados.

Trabalho do diplomata no Brasil

Como vimos, o diplomata pode trabalhar dentro e fora do país, com várias áreas de atuação, como, por exemplo, o "DipLig" ou diplomata de ligação. Ele é responsável por acompanhar membros de delegações internacionais e garantir que sua visita ao país ocorra sem complicações.

Outras funções que costumam ocorrer rotineiramente são debates, negociações e bastante trabalho burocrático, como preenchimento de papéis e relatórios.

Trabalho do diplomata no exterior

Já no exterior, o trabalho do diplomata depende da repartição, também chamado de "posto", que ele está lotado. São essas:

  • Embaixada: cuida das relações bilaterais do Brasil e o país que ela está inserida;
  • Consulados: concede apoio aos residentes brasileiros no exterior;
  • Missão ou Delegação: trabalhos juntos a ONU e OMC.

Como ocorre dentro do território nacional, as funções para diplomatas no exterior também são diversas, indo de negociações de acordos internacionais, emissão de passaportes, realização de casamentos e muito mais.

Ficou ainda mais curioso a respeito da diplomacia? Dá uma olhada nesse artigo sobre as perguntas mais comuns sobre a carreira diplomática.

Encontrou sua resposta?